Lugares & Paladares

Trancoso: mais um paraíso brasileiro!

Por Alexandre Massoti – 30/Sep/2015



Seu avião vai até Porto Seguro. Um voo curto, tranquilo e se sua parada fosse aqui, pode apostar que a viagem já seria ótima. Mas ainda não. Você pega um traslado ou táxi e segue mais para o sul do estado da Bahia. Passa por Arraial D'Ajuda e a mesma coisa: poderia ser ali sua parada que a viagem seria linda. Mas ainda não é. Só mais 20 quilômetros ao sul por uma estrada sinuosa mas encarável e você finalmente chega ao paraíso. Trancoso!

Essa pequena cidade já passou por muitas fases, desde o estilo miçangas-tererê-luz de lampião-chuveiro-frio até a fase atual que é mais pra champanhe-luxo-garçom-na-praia-foie-gras. E por mais que tenha gente que torça o nariz (ou comemore) essa última fase, não dá pra negar que o lugar é mágico.

As praias são lindíssimas, de cinema mesmo. A praia Ponta de Itaquena é área preservada por ser lugar de desova de tartarugas marinhas, ou seja, tem que chegar à pé, mas vale cada passo que você suou pra chegar lá. A Praia do Rio da Barra forma piscinas naturais que vão te deixar em dúvida se são melhores que a piscina do seu hotel. A Praia de Itapororoca parece um travalíngua, mas é mais pra meditar de tão sossegada e deslumbrante. A Praia do Rio Verde já tem serviço de bar e espreguiçadeiras para os hóspedes de suas pousadas e ninguém reclama disso. Quem se hospeda na Pousada Bahia Bonita, além de dormir em quartos maravilhosos, quando vai pra praia só tem o trabalho de levantar o dedo e dizer "mais uma por favor" e olhar aquele mar verde-esmeralda ali aos seus pés. Quer mais mordomia?

Sete quilômetros antes de chegar ao centro fica o Club Med Trancoso. Opção sensacional tanto pra quem vai com amigos, com marido ou esposa ou com filhos. Naquele sistema all-inclusive que se você não se cuidar, volta com as calças apertadas pra casa. Sua localização impressiona, fica no alto de uma falésia que você consegue enxergar o mar mesmo estando dentro da piscina. E pra chegar até a areia foi montada uma escadaria enorme, toda se confundindo com a vegetação local.

A gastronomia de Trancoso logo logo vai rivalizar com Mônaco, não só pelos preços, mas também pela apresentação e qualidade das comidas. Vale a pena investir um pouco e comer muito, mas MUITO bem.

Muitos deles ficam no Quadrado, ou perto dele, que é o apelido carinhoso dado à Praça São João, que poderíamos dizer é o centrinho da cidade. É uma praça grande, com a Igreja de São João ao fundo, branquinha e simpática, e na volta uma série de casinhas pequenas, coloridas, bem restauradas, que é onde o pessoal se encontra no final da tarde pra comprar souvenirs de viagem, jogar dominó ou comer bem.

O restaurante "O Cacau" fica bem ali. A decoração rústica é linda, com entradas de luz natural por frestas nas telhas, e duas bahianas legítimas fazendo o bolinho de acarajé ali, na hora. Eu já peço dois de saída, e bem "quentes", que é a tradução literal de APIMENTADO! Recomendo bastante também o famoso e disputado "El Gordo" que fica na pousada do mesmo nome. O risoto de camarão é uma das coisas mais deliciosas que já provei!

Dica da Semana:

Hotel Club Med Trancoso

site: www.clubmed.com.br

porque: o sistema all-inclusive é mais que um bom motivo, não acha?

quando: fora de temporada é mais tranquilo e o atendimento, que já é bom, fica ainda mais ligeiro.